Moisés Silveira De Menezes

 

Coronel da Brigada Militar, graduado em Letras, poeta, compositor e pesquisador, Moisés nasceu em Lavras do Sul, passou a infância e a adolescência entre os municípios de Tupanciretã, São Pedro do Sul e Quevedos, onde tem suas raízes afetivas e suas cacimbas de inspiração. Apaixonado pela terra e gente da Pampa Larga, fez sua estreia no campo literário com Tapera da Ilusão em 1985.

 

Em 1989 publicou É fogo! Causos dos Bombeiros, em parceria com Gilberto Kröeff. No ano 2000, lançou o livro de poesias Imagens do Sul, com temática urbana e regional em dois momentos distintos presentes na mesma obra. O seu trabalho Das Margens do Nilo às Barrancas do Uruguai – Uma Viagem pela Geografia do Verso, ensaio histórico – poético, é uma declaração de amor à longa caminhada do verso, desde o antigo Egito até os nossos dias, premiado no IV Bivaque da Poesia Gaúcha, de Campo Bom, obteve aprovação como tese no plenário do Congresso Tradicionalista do MTG, em Santa Cruz do Sul, em 1998. Neste mesmo ano editou-se a obra, que em 2006 teve sua 2ª edição, dentro do projeto “IGTF ANO 30”, produzido pela Nativismo Editora.

 

Foi jurado de eventos de música, poesia e arte declamatória. Membro efetivo da Estância da Poesia Crioula, da Casa do Poeta de Santa Maria, da Casa do Poeta de São Pedro do Sul e da Associação Cultural Zeca Blau de Quevedos. Sua obra poética de carácter regional está reunida em parte nos CDs Imagens do Sul e Poemas & Canções, no qual estão registrados poemas e músicas finalistas de festivais, interpretados por algumas das mais importantes vozes da arte declamatória e do canto do sul do país.